HIDRÔMETRO SEM FRAUDE

2 de fevereiro de 2016 0 Por Emilio Martins

Diminuição do risco de fraude

Com o programa PROACQUA, sistema de individualização de água, o risco de fraude de hidrômetros caí para, aproximadamente, 0%

            O risco de fraude no hidrômetro, ou seja, “furto de abastecimento de água” caí para praticamente 0%, com a  implantação da individualização de água em condomínios este risco cai a praticamente zero, pelo sistema antifurto eletrônico implantado, que inibe todos os métodos conhecidos.

             Com a individualização de água pelo PROACQUA, programa da Sabesp, todos os sistemas homologados têm aprovação na Sabesp, com elaboração de programa que alerta sobre tentativas de fraude no concentrador instalado em local comum de fácil acesso ao fiscal/leiturista , que ao executar a tarifação individual do condomínio também é alertado sobre alguma anomalia do sistema como, tentativa de fraude, vazamentos, medições irregulares, ou qualquer falha do sistema.

           Na individualização de água, mesmo com a falta de energia, a medição do consumo de água e quantificada pelo hidrômetro e transmitida ao concentrador. O sistema de transmissão tem baterias que podem durar 5 anos ou mais, dependendo do fabricante.

            O corte ou reativação do fornecimento de água a unidade residencial/comercial é realizado por meio de comandos no concentrador, não havendo a necessidade de o técnico/leiturista ir até o local da instalação dos hidrômetros, as contas individuais serão emitidas pela Sabesp e a responsabilidade de cobranças também. Todos estes dados de normatização estão na NTS 279/2008 e 277/2008.

           Na autogestão as exigências são menores para implantação da individualização de água não sendo necessário a execução de projeto e aprovação pelo Proacqua, não existe a obrigatoriedade de produtos homologados, não há necessidade de ART de profissional certificado, pode ser instalado o sistema dentro da unidade residencial/comercial e nem válvula de corte, tornando a implantação menos onerosa. As empresas que prestam estes serviços têm equipamentos e tecnologia própria e executam a medição nas unidades residenciais/comerciais e enviam relatório do consumo para o condomínio.

             No caso de dificuldade na execução da mudança hidráulica das instalações para a adaptação hidráulica para individualização de água, temos atualmente a individualização de água sem quebra com instalação de equipamento nos registros das prumadas do apartamento com leitura remota.

               As contas não serão emitidas pela Sabesp e sim por empresa que administra a leitura e medições do consumo de água no condomínio. Por lei de acordo com o Secovi e Sabesp, a única forma de corte do fornecimento de água por inadimplência seria autonomia da Sabesp, mas as empresas que não executam o sistema do Proacqua/Sabesp, alegam que existe jurisprudências e que o condomínio pode cortar a água do morador por falta de pagamento do condomínio. Essa última afirmação também tem que ter aprovação de todos os moradores em assembleia do condomínio com aprovação da implantação da individualização de água, inclusive o corte do fornecimento de água dos inadimplentes, neste caso não tenho conhecimento legal e deixo a cargo dos meios jurídicos.

Edição: Emilio Berbari Martins

Gostou? Tem alguma dúvida? Tem interesse em recomendar ou fazer no seu condomínio?

Teremos o prazer em atendê-lo: relacionamento@marsaneng.com.br