Furto de Água Cresce 41% nos Primeiros Quatro Meses de 2016

Publicado por Emilio Martins em

Furto de água nos primeiros quatro meses de 2016, crescem 41%

Pesquisa mostram que 1,182 bilhão de litros foram furtados, dados estes capaz de abastecer uma cidade do porte de Poá (SP)

ROUBO DE ÁGUA        O volume de água desviado chegou a 1,182 bilhão de litros, suficiente para abastecer uma cidade do porte de Poá, com 110 mil habitantes, durante um mês inteiro. Das 7.419 fraudes identificadas neste ano, 6.400 foram registradas em residências, o que representa 86% do total. Em imóveis comerciais, ocorreram 709 casos e na indústria e/ou empresas de economia mista, 310.  No entanto, as fraudes em comércios geram um desvio muito maior de água por causa do tipo de consumo. A violação de hidrômetro (63%) e as ligações clandestinas (37%) foram as principais ocorrências. 

         Em parceria com a Secretaria de Segurança Pública, a Sabesp realiza operações conjuntas com a polícia, para casos em que o fraudador impede a fiscalização e para prender os agentes fraudadores – que vendem a adulteração para moradores, comerciantes e indústrias. Até abril, foram abertos 78 boletins de ocorrência. Diante disso, a companhia cobra retroativamente a tarifa pela água furtada e pelo esgoto coletado. Além disso, o responsável pela fraude responde por crime de furto e pode pegar até oito anos de detenção. O prejuízo estimado com as fraudes foi de R$ 10,9 milhões. 

       A Sabesp ressalta a importância da população na identificação do crime de furto de água. Até abril, foram recebidas 17.200 denúncias de casos suspeitos pelos telefones 195 ou pelo Disque-Denúncia (telefone 181), cuja chamada é gratuita e não exige a identificação de quem telefona. “A fraude prejudica toda a população. Quem comete o crime não se preocupa com o desperdício, pois acredita que não irá pagar pelo alto consumo. É comum entre fraudadores deixar torneiras abertas e não consertar vazamentos”, afirma Marcelo Fridori, superintendente de Auditoria da Sabesp.

        O furto de água nesta reportagem corresponde a 0,12 % do volume de hoje (31/05/2016) armazenado no sistema Cantareira. 

Fonte: encurtador.com.br/EJLX9
Edição: Emilio Berbari Martins

Gostou? Tem alguma dúvida? Tem interesse em recomendar ou fazer no seu condomínio?

Teremos o prazer em atendê-lo: relacionamento@marsaneng.com.br

 

 

 

Categorias: Noticias

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.