A ESTIAGEM CHEGOU COM A FALTA DE CHUVAS

Publicado por Emilio Martins em

torneiraO dilema que temos que economizar água, mesmo tendo passada a maior crise hídrica do estado de São Paulo que com o início do outono em 2016 a partir de 20 de março, o índice pluviométrico sobre o sistema Cantareira, despencou com relação ao período de chuvas de 2015/2016.

Se verificarmos pelo índices fornecidos pela SABESP (*) no período de 20 de março até 19 de maio de 2016 choveu o total de 58,5 mm em que deveria ter chovido neste período 195,93 mm de acordo com a média histórica.

Com este levantamento temos apenas 30% aproximadamente da média histórica para o período e tendo o mês de abril de 2016 com 4,4 mm de índice pluviométrico. Precisamos voltar a economizar água na região metropolitana conforme o esforço dos paulistanos que aderiram maciçamente a economia de água no período da crise hídrica.

A população tem que continuar adotando alternativas de economia de água com utilização de reutilização de água das chuvas, com implantação de individualização de água que pode gerar em média de 40% de economia de água nos condomínios com uma reeducação do uso da água no dia a dia. Conforme divulgado pelo governo que a crise foi superada e realmente foi superada com o índice atual das represas, sempre considerando o maior fornecimento de água para a população, que é o sistema Cantareira com o nível atual de 50,2% (Volume útil + Volume da reserva técnica), não corremos mais o risco de desabastecimento para este ano.

O governo está realizando diversas obras para não termos que conviver mais com o fantasma da falta de água, mas temos que contribuir com a economia de água, continuando não lavando quintais ou áreas comuns, lavagem de garagens, reaproveitamento da água da máquina de lavar, reaproveitamento da água das chuvas, fechar a torneira enquanto não utilizamos, diminuir o tempo de banho, etc e muitas outras atitudes para contribuir com a sustentabilidade.

Para tirar dúvidas ou solicitar informações sobre algum sistema de economia de água como individualização de água, reaproveitamento de água das chuvas, verificar quanto em volume ou valor financeiro poderia economizar com algumas ações, conforme descritas acima, deixe seu comentário ou solicite soluções no blog: www.agua4u.marsaneng.com.br

 

Categorias: Noticias

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.